Enfermeiros Salvam Vidas E Cuidam De Nós

Smile Train

Nurse caring for cleft patient in brazil

“Ser enfermeiro é, antes de tudo, cuidar de pessoas, muitas vezes, colocando o outro antes de você mesmo e de seus familiares. Nosso instinto do cuidado centrado no paciente aparece bem destacado num momento de crise como o que estamos vivendo. Queremos entender nosso paciente como um todo, com suas necessidades físicas, emocionais, sociais dentre tantas, buscando ser um elo entre todos os outros profissionais que buscam a solução delas.” Conta Liliane Rios, enfermeira do centro parceiro Smile Train em Brasília (DF). “No caso dos nossos pacientes com fissuras labiopalatinas, estamos nos reinventando e encontrando soluções criativas para dar continuidade no nosso cuidar”.

A Organização Mundial da Saúde declarou 2020 o ano internacional de profissionais de enfermagem e obstetrícia. Em todo o mundo, parteiras e enfermeiras desempenham um papel vital na assistência médica — e prestar assistência a pessoas com fissuras não é exceção.

Para as famílias, os enfermeiros são fontes inestimáveis de conhecimento, conforto, orientação e experiência clínica ao longo da jornada de cuidados com os filhos. Quando os bebês nascem com fissuras, os enfermeiros são geralmente os primeiros profissionais de saúde que podem fornecer suporte para salvar vidas nas estratégias de alimentação. Eles geralmente orientam as famílias através dos medos e ansiedades que podem acompanhar o nascimento de um bebê com fissura em regiões onde o estigma é generalizado.

Liliane Rios holding patient

Para as equipes cirúrgicas, os enfermeiros são essenciais para fornecer a melhor e mais segura qualidade de atendimento aos pacientes. Eles geralmente são os primeiros a interagir com os pacientes, registrando seus sinais vitais, peso e alergias. Eles trabalham com as famílias para minimizar a ansiedade e responder a perguntas, confortando pacientes e seus entes queridos. No centro cirúrgico, os enfermeiros preenchem a lista de verificação da sala de cirurgia com a toda a equipe, garantindo que todos estejam preparados e sincronizados. Após a cirurgia, ao monitorar de perto a recuperação dos pacientes, os enfermeiros estão em melhor posição para observar mudanças precoces na condição do paciente que possam indicar complicações e responder com o tratamento. Os enfermeiros também orientam as famílias sobre os cuidados pós-operatórios e os tratamentos subsequentes de que a pessoa amada possa precisar.

“A enfermagem é a arte do cuidar com os sentidos. Conseguimos ter uma escuta ativa e com empatia tentamos descobrir sentimentos além daquilo que estamos vendo. É muito gratificante ver o sorriso de um paciente com dores quando você faz um simples gesto de cuidar com carinho”, conta Alessandra. “Vivemos um momento apavorante com a pandemia, com tratamentos médicos sendo postergados, e nessas horas exercer o papel de enfermeira é um privilégio para o cuidado com a família, mas em outros, preciso ser mãe e deixar para que profissionais como os apoiados pela Smile Train assumam esse papel”. Emocionada, Alessandra conta que descobriu a fissura labiopalatina de Bernardo no momento do parto, e que em momentos como este, ela precisa deixar a enfermeira de lado para que as emoções não influenciem durante a longa jornada de um tratamento a longo prazo. “Tenho orgulho do meu filho e da minha profissão, que me permite cuidar dele com uma atenção especial”.

Mom holding sign keep the promise for my son

Apesar da importância de seu papel na prestação de cuidados de saúde de alta qualidade, os enfermeiros muitas vezes são subestimados e mal remunerados. Em grande parte, isso está ligado à desigualdade de gênero - embora a enfermagem não seja uma profissão exclusivamente feminina, a grande maioria dos enfermeiros é mulher e, embora compreenda mais de 75% da força de trabalho social e em saúde, eles detêm menos de 25% das posições de liderança nos sistemas de saúde. Em um estudo de 2019 sobre liderança de enfermeiros da IntraHealth International, NursingNow e Johnson & Johnson, os pesquisadores descobriram que os enfermeiros encontram muitas barreiras sociais, culturais, estruturais, políticas e pessoais que impedem seu caminho para posições de liderança. Essa terrível escassez de enfermeiros treinados em todo o mundo, bem como a falta crônica de reconhecimento das enfermeiras que trabalham na linha de frente da assistência, são uma ameaça para os sistemas de saúde em todo o mundo.

Mom holding sign that says thank you

Reconhecendo que os enfermeiros são essenciais para o tratamento de fissuras, o tratamento cirúrgico e a cobertura universal de saúde até 2030, a Smile Train desenvolveu o Workshop “Cuidados de Enfermagem Seguros Salvam Vidas”, um curso de treinamento que capacita os enfermeiros com habilidades essenciais para administrar cuidados de enfermagem de alta qualidade para crianças submetidas à cirurgia de fissura. As habilidades que os enfermeiros aprendem nessas aulas beneficiam todos os pacientes que necessitam de tratamento cirúrgico, aumentando a capacidade dos profissionais de saúde em todo o mundo.

Enfermeiros são líderes. Juntamente com a OMS e as muitas organizações globais de saúde que defendem os cuidados de enfermagem, a Smile Train continuará a capacitar os enfermeiros que mudam a vida dos pacientes com fissuras todos os dias — e trabalharemos para aumentar suas vozes, compartilhar suas histórias, seus desafios, interesses e triunfos.


Conheça a emocionante história de Celeste, mãe de Vicente e enfermeira na Argentina.

Receba as Novidades da Smile Train

Veja também...

Staff

Karla Rico é a nova Program Manager da Smile Train México. É responsável pela manutenção...

Newsroom

Smile Train lamenta a perda do Dr. Ian Jackson, um homem que viveu cada dia de seus 85...

Staff

Camila Beni é Program Manager da Smile Train Brasil. Nesta oportunidade, ela conta sobre...