Karla Rico: “Um dia sem sorrir, é como um dia perdido”

Smile Train

Karla Rico é a nova Program Manager da Smile Train México. É responsável pela manutenção, crescimento e melhoria dos programas de sua região. Nesta oportunidade, ela conta sobre seu desempenho na ONG, os novos desafios do tratamento de fissura labiopalatina na região, suas lembranças favoritas com a Smile Train e muito mais.

Karla with a patient


Conte-nos sobre você e como chegou à Smile Train.

Sou uma mulher dedicada e persistente, venho de uma família que construiu sua vida com esforço constante, trabalho incansável e muito senso de humor “litorâneo” (típico da costa de Veracruz, México), uma das frases que guiam meus dias se baseia numa citação de Charlie Chaplin: “Um dia sem sorrir, é como um dia perdido”. Acredito firmemente que buscar a excelência é melhor do que buscar a perfeição, excelência para mim significa fazer bem as coisas, ser persistente tanto nos sonhos como no mundo real, cuidar da mente, corpo e espírito, que me permite estar preparada para tomar decisões mais facilmente ou fazer uma mudança total de curso. Foi assim que conheci a Smile Train, a perseverança me levou a sonhar com mais projetos e foi assim que criei uma pequena consultoria de comunicação que com esforço e paixão tornou possível co-criar em 2016 o primeiro Dia Nacional de Fissura Labiopalatina no México para a Smile Train, quando a avenida mais importante da Cidade do México e um dos maiores monumentos e bosque da América Latina foram vestidos com um sorriso, em uníssono com os parceiros da Smile Train em todo o México. Assim nasceu meu amor pela causa e pela Smile Train e sua filosofia que comunga com a minha filosofia de vida. Anos depois, o destino me chamou para fazer parte da causa e aqui estou.

A large group of people stands to form a smiley face


O que te motiva a cada dia trabalhar com crianças com fissura labiopalatina e suas famílias?

Gosto muito do contato e da comunicação fraterna que nasce com as famílias, quando te contam sua história te fazem parte dela. Mas, principalmente enche a minha alma, ver o sorriso das crianças que antes ou depois da cirurgia, me enchem de muita energia e é o combustível que me motiva a trabalhar internamente, pois não consigo conceber que ainda haja tanto estigma e discriminação contra os seres humanos indefesos que têm tudo para ser o que querem e a Smile Train está aqui para eles.

Karla takes a selfie with two patients


Que desafios fez você iniciar um novo projeto em meio a uma pandemia global?

Acredito firmemente que existem duas maneiras de ver esta pandemia: de aprendizagem e introspectiva ou de indiferença e ignorância. Decidi assistir desde o meu aprendizado e embora não tivesse planos de começar um novo projeto neste momento, o chamado do ser supremo para ajudar foi mais forte. O maior desafio é não poder estar pessoalmente com os filhos, família e nossos amados parceiros, mas insisto, a criatividade pode derrubar paredes.

Karla wearing Smile Train scrubs


Como você vê o conceito “Ensine um homem a pescar” aplicado ao seu trabalho?

Concordo 100% com esta filosofia e acrescentaria: incentive-o a voar, dependência não é algo que ajude ninguém a crescer. Embora às vezes sejamos nós quem ensina e outras quem aprendem, não devemos perder a capacidade de admiração e a capacidade de gratidão, são essas duas coisas que possibilitam as soluções mais ousadas ou, neste caso, os resultados mais surpreendentes na vida das crianças e suas famílias.

A public square filled with cleft activists


Que mensagem você pode compartilhar com uma família que descobriu recentemente que seu bebê recém-nascido tem fissura labiopalatina?

Que se comuniquem de coração a coração com seu bebê. Desta forma, os dois podem ter certeza de que tudo ficará bem e que no caminho a Smile Train estará lá para ajudá-los, gostaria que pudéssemos alcançar todos os bebês nascidos com fissura labiopalatina, enquanto isso não acontece, tenhamos fé nos anjos que Deus enviou à terra vestidos com jalecos brancos.

Karla holding a small patient as he hugs her around the neck


O que te faz sorrir no seu trabalho?

Compartilhar experiências com minha equipe e planejar coisas maravilhosas para melhorar a qualidade de vida das crianças. Mas o sorriso que mais me enche de uma bela vibração é quando leio nas entrelinhas dos profissionais de saúde e dos responsáveis pelos centros de fissura labiopalatina que sua alma e coração estão genuinamente comovidos para ajudar caridosamente, seja por suas próprias experiências de vida ou porque simplesmente o seu coração é quem manda.

Karla stands with colleagues


O que você gostaria de realizar para ajudar a criar sorrisos?/strong>

Gostaria de garantir que todas as crianças nascidas com fissura labiopalatina sejam cuidadas desde o nascimento até que estejam totalmente integradas na vida social. Também gostaria de continuar lutando contra o estigma e a cultura de respeito às diferentes condições de vida.

Karla in a group marching for cleft awareness


Conte uma passagem engraçada de seus primeiros dias na Smile Train.

Uma maravilhosa se chama Josué, um garotinho de Guanajuato que passou por uma cirurgia e felizmente fez grandes avanços em sua terapia fonoaudiológica. Parte do primeiro projeto com Smile Train foi levar uma mensagem de conscientização e sensibilização para a mídia na Cidade do México, Josué foi muito solicitado pelos apresentadores de programas de rádio. Lembro-me que em uma das entrevistas com um locutor importante, ele simplesmente se recusou a ser entrevistado, mesmo estando com Martha, sua mãe, o tempo todo. Ele negou-se e não houve força humana para tirar uma palavra de sua boca. Ele baixou o rating, mas nos divertimos muito durante a turnê da mídia.

Hundreds of cleft activists standing to form a smiley face in a public square

Receba as Novidades da Smile Train

Veja também...

Staff

Silvia Backes é Program Manager da Smile Train South America. Nesta ocasião, ele nos fala...

Newsroom

Smile Train lamenta a perda do Dr. Ian Jackson, um homem que viveu cada dia de seus 85...

Staff

Camila Beni é Program Manager da Smile Train Brasil. Nesta oportunidade, ela conta sobre...